Swift

Golpe Nunca Mais


    É impressionante como nós, seres humanos, vez ou outra insistimos em cometer os mesmos erros. Absurdos e falhas histórias incríveis caem nos esquecimento, e, de repente, nos vemos com uma sociedade prestes a errar de novo. E o cenário de erro é o que se avizinha neste nosso mundo tão conturbado.
    Não é só aqui no Brasil, digo antes que alguém grite o quanto somos atrasados. O mundo inteiro volta-se novamente ao extremismo, ao fundamentalismo, ao radicalismo e a todos os outros "ismos" perniciosos da nossa sociedade global. Contudo, foquemos em nossa situação local, tão urgente e preocupante como qualquer país envolto por disputas políticas e bélicas. A ineficiência do estado e a ingenuidade (e ignorância) de certas ações tem levado perigosamente a um grupo significativo do Brasil a incorrer a enganos que já conhecemos. Uns voltam-se aos pavões da ultra-direita reacionária do país, outros saudosistas de tempos que "outros apanhavam" clamam pelos de farda, enquanto, ainda bem, vozes tentam se erguer em meio a esses gritos para defender a principal instituição do país: a democracia.
    E é por esta instituição que devemos sim nos manifestar contra a tentativa de golpe disfarçada de processo regular em andamento no país. A questão não é se Dilma é ou não uma boa presidente. A questão é que não há elementos que justifiquem a retirada legal dela do cargo. Ela chegou lá pelo exercício do voto e da vontade de uma parcela significativa da população. Todavia, se há erros, cobranças devem ser feitas, mas não, jamais podemos compactuar com o golpe engendrado e planejado nas próprias entranhas do governo.
   É inegável que há erros. É inegável que devemos rediscutir as bases e os conceitos dessa nossa ainda jovem democracia, mas jamais permitir que ela seja pisoteada. Por isso, essas manobras articuladas pelas "pouco ilibadas" figuras do PMDB é uma agressão ao processo democrático. Apenas os ingênuos e os ignorantes irão desconhecer toda a tática preparada para derrubar a presidenta dentro de sua própria "casa".
    Tenho por convicção que o PT (antes que postulem algo, não tenho filiação partidária) cometeu muitos erros. Uns por ingenuidade, outros por burrice mesmo. O partido que no passado postulava centralizar a ética foi subvertido pelo poder, e as "aranhas da república" os envolveram em perigosas teias. Eles, (o PT) tentou jogar no mesmo jogo o qual jogavam seus parceiros de governo, bem como seus opositores, pois se você acha que do outro lado não há problema, ou é ingênuo, ou idiota. No entanto, esqueceu-se o PT, que mesmo entre aqueles que se aliaram por beber das benesses do poder, nunca, jamais engoliram goela abaixo que na prática os últimos governos (do PT) realizaram uma verdadeira revolução social no país. Quantos leitores deste texto não ascenderam neste período?
   Portanto, se por ventura você acha que a solução é tirar a Dilma de lá, ou não está nem aí para esse processo que é de interesse de todos nós, está enganado. O que está em jogo é muito mais do que a nossa economia, ou a nossa política. O que está em jogo são nossos princípios, e, acima de tudo, nosso futuro!

#GolpeNuncaMais
   



Outros Posts interessantes

0 comentários

Flickr Images